Está insatisfeito, entediado, infeliz com o seu emprego? Quer saber como dar um “up” na sua vida?

June 15, 2018

 

Hoje em dia, em um mundo onde tudo muda tão rápido, inovar e adaptar-se às mudanças é quase uma questão de sobrevivência. Mais ainda em tempos de crise. 

 

Veja neste artigo, como trocar um emprego chato pelas realizações pessoais do empreendedorismo.

 

 

Seja mais do que otimista

 

Como já dizia o famoso proverbio chinês..

 

 

Para atingirmos os nossos objetivos temos que estar em constante aprendizado. E, estar à frente da concorrência, precisa ser uma busca, por vezes, penosa e constante. Só que muitas vezes isso não basta. E esse não bastar pode ser, talvez, por já termos chegado a um limite, por não conseguirmos ir além, ou por uma insatisfação pessoal ou ainda profissional.

 

Ainda bem que “passamos da época em que o trabalho tinha de ser algo penoso”, como explica a professora de comportamento organizacional da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP) Tânia Casado.                                                                                                                                                                

Lutamos diariamente contra o tédio mesmo sem perceber. E quando a necessidade de fugir da mesmice fala alto, talvez seja a hora de pensar no plano B.

 

Muitas vezes a vida te encaminha, te mostra por onde se deve seguir, mas na maioria das vezes nós precisamos ter esse feeling e tentar perceber quando é chegado o momento de mudar. E, chegado este momento, devemos nos preparar pra isso. Nos preparar no sentindo de buscar informações, de buscar alguns cursos e fazer algumas perguntas a nós mesmos, tentarmos nos conhecer de forma mais profunda, para que a tomada de decisão seja a mais acertiva possível.

 

 

Por onde começar?

Identifique o motivo de sua insatisfação.

 

Talvez trocar de área faça sentido, se a área escolhida estiver alinhada com seu propósito de vida. Então, se faz necessária uma certa dose de autoconhecimento, para descobrir se o desejo de tomar um novo rumo foi provocado por uma opção pessoal ou, sem que você percebesse de imediato, por uma imposição vinda de um fator externo. Tente identificar isso antes de tudo.

 

 

Questione-se 

 

“Estou preparado para lidar com essa transição?”, “Quais são as minhas expectativas com relação a essa nova atividade que decidi seguir?”.

 

Cuidado para não fazer um movimento impulsivo, é muito fácil frustrar-se nesses casos, por isso não tome decisões apressadas e fundamentadas em dificuldades pessoais, modismo ou em rendimentos mais atraente. Planeje e prepare-se.

 

Posso exercer outra função sem mudar de área?

Tenho talento para exercer a nova atividade que escolhi?

 

É importante ter em mente quais são suas competências e onde você pode usá-las.

 

O talento é tão importante quanto o desejo, sendo assim analise com cuidado quais são suas habilidades e seu estilo de vida, e se esses fatores estão em sintonia com a opção que você tem em mente. 

 

Preste atenção a sua volta, tudo pode ser visto de maneira diferente quando se busca mudanças.

 

Faça um novo curso sempre que puder, busque conhecimento. Por vezes de um curso ou de um hobby você pode descobrir um dom ou uma ótima idéia de negócio.

 

Tenho condições de me sustentar durante a transição? Estou disposto a alterar o meu padrão de vida?

 

Planejamento financeiro também é importante. Coloque tudo no papel, saiba o que tem de saldo, planeje para no mínimo os próximos seis meses. Até porque, em uma transição de atividade de vida, há custos que devem ser considerados e é importante saber se há recursos próprios suficientes para passar pela fase inicial do processo.

 

Isso irá definir se é melhor deixar o atual trabalho e se dedicar plenamente à construção do seu  sonho, ou, se deve ir de forma mais gradual, sem abandonar o emprego e continuar trabalhando enquanto faz a transição.

 

Como está o mercado da atividade que escolhi?

 

Mesmo que você tenha talento para a nova empreitada é necessário avaliar como está a demanda do mercado, definir etapas e traçar novas ações a seguir.

 

As redes sociais são um ótimo caminho para conhecer pessoas que já passaram por esse processo e também para sondar o mercado. No  LinkedIn (https://www.linkedin.com) por exemplo, dentro do canal Grupos, digitando “transição de carreira” você encontra pelo menos dez referências para comunidades que tratam do assunto. Uma delas é a “Espaço dos Saberes”, formada por 71 usuários, tente dar uma boa olhada nessa comunidade.

 

É importante construir uma nova rede de contatos. Frequente a workshops ou faça contatos via internet. Muitas vezes, a nova área possui valores e cultura próprios, que levam um tempo longo para ser aprendidos. Cursos e eventos são boas fontes de informação.

  

 

Nossas dicas:

 

  • Busque informações: Pesquise tudo sobre o produto que deseja vender ou sobre o serviço que deseja prestar, busque informações sobre possiveis clientes ou fornecedores e quem são seus concorrentes. Com essa pesquisa fica mais fácil identificar oportunidades e repensar ideias e estratégias de negócio.

  • Esteja comprometido(a): Principalmente no início, pois quando se inicia é praticamente o proprietário quem executa todas ou a maioria das tarefas, isso demanda esforço e foco.

  • Persista: é um desafio, esteja motivado, acredite nas possibilidades e comemore cada nova conquista.

  • Estabeleça metas: mire aonde quer chegar, defina metas e objetivos. Você pode definir metas diárias, mensais ou anuais, pré-defina uma data para analisar se está alcançando suas metas ou se há a necessidade de mudar de estratégia.

  • Planeje e acompanhe: para tornar seu sonho real é necessário mensurar prazo para a sua realização, definir todas as metas envolvidas neste processo e acompanhar as ações e os resultados obtidos.

Trecho da matéria: "Como mudar de carreira aos 25, 35 e 45 anos"

Andrea Giardino, Elisa Tozzi

 

 

Quem já mudou e deu certo.

 

Veja histórias de pessoas que mudaram em diferentes estágios da vida. Para cada uma das etapas da mudança há fatores distintos que devem ser postos na balança.

 

Ex-atriz do "Castelo Rá-Tim-Bum" largou carreira para faturar R$ 3 milhões.

Léo Marques

Colaboração para Universa.

 

 

Médico encontra a felicidade ao trocar medicina por salão de beleza.

 

“Depois de 18 anos trabalhando em hospitais, entrei no piloto automático e queria sentir um frio na barriga de novo, algo que me desse uma revigorada.”

Pâmela Kometani e Vanessa Fajardo

Do G1, em São Paulo

 

 

Decida-se, pesquise, participe de novas comunidades e tome as ações necessárias. Você também nasceu para ser feliz!

 

 

 

 

 

Referências:

https://www.pensador.com

https://exame.abril.com.br

https://noticias.bol.uol.com.br

http://g1.globo.com